Mestre Celsinho do Repique: dedicação e empenho à frente da Bateria do Sereno de Campo Grande

27 07 2016

Mestre Celsinho do Repique: dedicação e empenho à frente da Bateria do Sereno de Campo Grande

image

Sua trajetória no samba não é de hoje e a sua dedicação ao Sereno de Campo Grande também não é novidade. Quando ainda era ritmista conquistou o Prêmio Repique de Ouro e não parou mais. Sendo assim, Mestre Celsinho do Repique seguiu como diretor das baterias da Acadêmicos da Rocinha, Unidos de Padre Miguel e Mocidade Independente. E mestre das baterias da União do Parque Curicica e da Unidos de Bangu, no ano em que a escola retornou ao carnaval. Hoje atua como diretor de repique da Unidos da Tijuca e faz parte do Grupo Batuke Digital. No Sereno de Campo Grande já conquistou vários prêmios, inclusive o de Melhor Bateria, no antigo Grupo B.

Com contrato renovado para mais um ano à frente da Bateria Swing da Coruja, Mestre Celsinho do Repique aposta na dedicação do seu trabalho com os ritmistas. Na sua segunda passagem pela escola, o Mestre de Bateria quer superar ainda mais os bons resultados que o segmento vem alcançando. Na sua primeira passagem, foram sete carnavais de notas altas. Após um período de afastamento, Mestre Celsinho reassumiu, no final do ano passado, o comando dos ritmistas e, para 2017, vai em busca, mais uma vez, das notas máximas para a agremiação.

E o trabalho na quadra já começou. Todos os sábados, às 14h, acontecem as oficinas de percussão e, a partir das 15h, os ensaios da bateria. Dessa forma, a escola conta não só com ritmistas de outras agremiações, mas também prepara pessoas da comunidade: “Já revelamos vários ritmistas com a nossa oficina. É um trabalho que rende frutos não só para a gente, mas para o carnaval como um todo”, explica Celsinho.

Bateria Swing da Coruja

Mestre Celsinho do Repique imprimiu um estilo próprio para a bateria do Sereno de Campo Grande: “Sou da época de Mestre André, então gosto muito da bateria como uma orquestra em cima do samba-enredo e da melodia que ele tem”, conta. E é dentro desse estilo que ele vai executar as duas paradinhas que já estão em construção para o carnaval de 2017: “Na Intendente só temos 40 minutos, então é necessária uma adaptação. Como é pouco tempo, coloquei as batidas de caixa mais para baixo, que deixa o samba mais cadenciado, mantendo bem o ritmo”, explica o mestre, que vai contar com um contingente de até 130 ritmistas no desfile.

Aliás, a relação positiva com os ritmistas é algo que Mestre Celsinho gosta de manter sempre. Afinal, é uma convivência e uma troca constantes até o carnaval. Ele acredita que essa interação é fundamental para um bom entrosamento do grupo: “Eu gosto do diálogo, sou meio psicólogo. Deixo todo mundo opinar, mas tem que ter uma ordem. É um relacionamento de mestre para ritmista, mas também de amigo para amigo”, diz, ressaltando que cerca de 80% dos ritmistas do Sereno estão com ele desde a sua primeira passagem pela escola.

Carnaval 2017

A expectativa é muito boa. Segundo Mestre Celsinho do Repique, esse ano o trabalho está sendo feito com 90% de ritmistas prontos e mais os alunos da oficina que estão se formando. “A comunidade pode ficar tranquila que trabalho e empenho não vão faltar. Estamos esperançosos e o Presidente Gilberto Leal tem a mente aberta e sempre nos apoia. A escola já me conhece, sabe que não tem tempo ruim, gosto de trabalhar. Vamos colocar tudo o que for ensaiado em prática na Avenida. Minha prioridade é o Sereno de Campo Grande”.

Gilberto Leal
Presidente


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: