Inspirado nos Jogos Olímpicos, Rafael Carvalho posa durante treino de Muay Thai

2 08 2016

A contagem regressiva para os Jogos Olímpicos estão a todo vapor e há poucos dias teremos o mundo inteiro de olho nas Olimpíadas 2016 que acontecerá na cidade do Rio de Janeiro, com o lema dos jogos intitulado como “Viva sua paixão”.

image

Apaixonado por esportes e inspirado nas Olimpíadas, o modelo fotográfico, Rafael Carvalho que podemos chama-lo praticamente de um atleta olímpico, pois além de modelo, trabalha como barman, cabeleireiro e é especialista em ressonância magnética, realizou um ensaio inspirado em seu esporte preferido, onde posou para as lentes do conceituado fotógrafo Leonardo Santos, durante a pratica de Muay Thai, mostrando um lado sério e técnico, sem esquecer o lado provocante e instigante, que o galã faz o maior sucesso nas redes sociais.

image

A imensidão da capital paulista assusta todos que nascem em outro estado brasileiro, e não foi diferente do jovem modelo de 26 anos, nascido em Imperatriz no Maranhão, que acabou fazendo as malas e encarando esse desafio junto com a família. ‘’Viemos para São Paulo já pensando em voltar’’, declara Rafael. Mas como a vida nos programa o destino, estamos vivendo em São Paulo há quase 10 anos, e hoje sou formado e pós graduado, trabalhando em um conceituado hospital, além de conciliar com a carreira de modelo, figurante e barman, onde adora trabalhar com eventos e moda.

O jovem galã, loiro de olhos verdes, deu inicio as aulas de teatro e a vida mais uma vez mudou seus caminhos. Quase como um atleta olímpico, além disso tudo, sempre arruma tempo para os esportes e a luta, onde lhe traz equilíbrio, saúde, disposição, além do corpo em forma.

O objetivo inicial do Muay Thai na vida do galã, era conseguir ter boa forma física, já que ele estava bem acima do peso. A luta de origem tailandesa é uma ótima opção para manter a forma e fortalece, principalmente, os braços, ombros e costas, além de permitir queimar até mil calorias em uma aula com duração entre uma hora e uma hora e meia. A partir daí virou uma paixão de querer treinar, lutar e competir. Logo em seguida, ter uma condição técnica melhor do que o parceiro de luta em treinos ou o oponente em competições, virou o próximo foco. Inclusive um amigo que começou a treinar junto com ele virou uma espécie de auxiliar, já que um desafiava o outro nos treinos pensando no desempenho de lutas que iriam participar. O esporte trouxe novos amigos, que até hoje se encontram em barzinhos, pulam de paraquedas e encontros em chácaras.

Medo é algo que não faz com que Rafael deixe de fazer qualquer coisa na vida, pois já colocou até redes de pesca no Rio Tocantins de madrugada cheio de jacarés lá no Maranhão.

Fotos: Leonardo Santos / Renato Cipriano – Divulgação


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: