Emoção e homenagens marcaram gravação do DVD de Charlles Andre

22 08 2016

Show contou com a participação especial de Noca da Portela e Gabby Moura

 

Com a emoção de um show ao vivo, o cantor e compositor Charlles Andre deu início a uma nova fase da sua carreira, com a gravação do seu segundo DVD. O evento aconteceu, sábado (20), no Parque Madureira, para um público de fãs, amigos e convidados, que lotaram a Arena Carioca Fernando Torres. Acompanhado de uma banda formada pelos melhores músicos de samba e pagode da atualidade e da participação do seu filho, Charlles Andre Junior, no back vocal, Charlles Andre mesclou músicas inéditas com antigos sucessos, além de clássicos de Gonzaguinha, Cartola, Noca da Portela e Zeca Pagodinho.

O DVD “Cantador”, produzido por Bira Haway, que tem seu lançamento previsto para o final deste ano, terá 24 faixas, com um repertório composto de composições autorais, com destaque para “Cantador” – música que deu nome ao DVD –, e também com canções inéditas de Xande De Pilares, Diogo Nogueira, Jr. Don, Claudemir, André Renato, Leandro FAB, Celso Lopes, entre outros, além de pot-pourris com releitura de sucessos do compositor, gravadas por grandes nomes da atualidade, como, “Nunca se diz nunca” (Maria Rita), Mina de fé” (Os Morenos), “Pela Vida Inteira” (Kiloucura), “Linguagem dos Olhos” (Péricles), “Coração Deserto” (Sorriso Maroto), “Camisa 10” (Turma do Pagode), entre outras.

O ponto alto do show ficou por conta da homenagem aos grandes compositores do samba, que contou com dois momentos marcantes. Charlles Andre, acompanhado de um baixolão, canta “Ponto de interrogação”, um clássico de Gonzaguinha, com a participação de Gabby Moura, que deu um toque todo especial a apresentação. Dando continuidade, ele convida Noca da Portela, para juntos, cantarem “Malas Prontas” e “Opção”, ambas do grande baluarte portelense, que subiu ao palco aclamado pelo público.

Charlles Andre encerra o show com chave de ouro cantando o samba da Portela de 2015, do qual foi um dos compositores, acompanhado de um grande coro formado pelo público presente.  Ao final, muito emocionado, agradece o carinho recebido pelos fãs e amigos. “Foi uma noite inesquecível e marcante na minha vida e na minha carreira. Não tenho palavras para agradecer toda energia positiva que recebi. Foi pura emoção!”.

Gabby Moura, que depois da sua apresentação juntou-se a plateia para assistir ao show até o final, quando o público iniciou o pedido de bis, ela se empolgou e retornou ao palco e juntos promoveram uma grande festa, com a participação animada de todos ali presente. “Sou muito fã desse cara”, declara Gabby Moura, que não continha sua emoção em participar da gravação.

fotos: Hyrinéa Bornéo

Charlles Andre é Cantor e Compositor. Aos 14 anos
,
compôs sua primeira música,
título
“DESILUSÃO”
. Sempre apoiado por seus pais, estudou e aprendeu a tocar
todos os instrumentos de corda. Músico profissional, canta, lê e escreve partitura
musical, compõe e faz arranjos, coisa rara no cenário em se tratando de samba e
pagode.
Com mais de 35 composiçõe
s de sucesso, hoje é um dos mais requisitados
compositores de grupos que pensam em fazer sucesso. Gravou “Pela Vida Inteira”,
o grande sucesso do grupo
(Kiloucura)
, “Amor Singular e Mina de Fé” que virou
hino com
(Os Morenos)
, “Amor e Amizade e Desejo Cont
ido”
(Exaltasamba)
,
“Linguagem dos Olhos” primeiro sucesso da carreira solo do cantor
(Péricles)
,
“Coração Deserto” eterno hit do Grupo
(Sorriso Maroto)
, “Tanajura” com
(Negritude Jr.)
, o maior sucesso da
(Turma do Pagode)
“Camisa 10” e o Samba
Enredo da
G
.R.E.S. PORTELA
no carnaval de 2015, “
Sou Carioca, sou de Madureira”
e muitos outros.
Charllinhos, assim chamado carinhosamente, fez diversos trabalhos como músico
acompanhante de grandes artistas como Zeca P
agodinho, Sombrinha, Reynaldo
c
onhecido em Sã
o Paulo como príncipe do pagode
, Leci Brandão, Arlindo Cruz,
Jovelina Pérola Negra e Marquinhos Sat
han,
até o início de 1994, quando surgiu a
oportunidade de trabalhar como contrabaixista da banda Molejo. Nessa época, o
grupo estava no auge do sucesso e
viajava muito pelo Brasil para fazer seus shows.
No final de 1994 surgiu o convite do grupo Os Morenos para Charlles André
participar da banda não só como músico acompanhante, mas também como cantor,
compositor, união que se consumou com a efetivação do ar
tista no início de 1995.
Em 2000, com a saída de Waguinho do grupo
que lançava carreira solo
Charlles
André assumia a voz da banda. Junto com Os Morenos, Charlles gravou seis discos,
o sexto foi gravado com Charllinhos no vocal
“Ao Vivo” em show no O
limpo
bairro da Penha no Rio de Janeiro
com os melhores sucessos da carreira do
grupo.
Trajetória
Participou por nove anos do
Grupo Os Morenos, saindo
em 2004 para
se dedicar à
carreira solo
,
voltando dez anos depois para a realização de alguns shows
c
omemorativos aos 20 anos de grupo. Conheceu o sucesso fazendo shows por todo
o Brasil e exterior. Assume que o que mais gosta de fazer é cantar, compor e fazer
arranjos para os seus shows.
Em 200
5
, Charlles André lança o primeiro disco da sua carreira sol
o, totalmente
autoral e com a emoção de um show ao vivo
,
contendo 14 faixas, sendo todas
composições próprias, algumas compostas em parceria com nomes conhecidos do
pagode nacional, tais como Waguinho e Netinho de Paula. Sucessos gravados por
grupos de pag
ode consagrados como o Negritude Júnior, Os Morenos, Sorriso
Maroto, Exaltasamba, entre outros, e que tocaram no Brasil inteiro, além de três
músicas inéditas. O CD
foi produzido a quatro mãos por Charlles André e Neném
Chama, que também é composit
or e percussionista, além de co
autor e parceiro de
Charlles em várias músicas.
Em
2007,
Charlles André grava DVD ao vivo em show para fãs e amigos, em
Salvador, na Bahia. O DVD “Charlles André Canta Seus Sucessos ao Vivo” tem 28
músicas, entre elas, relei
turas de grandes sucessos do compositor como “Amor e
Amizade”, gravada pelo grupo Exaltasamba e “Não Pedi Para Me Apaixonar”, pelo
Bocaloca e Sociedade do Samba, além de cinco canções inéditas, mais as
participações de Netinho de Paula cantando “Tanajura”,
Bruno Cardoso, do Sorriso
Maroto, na faixa “Coração Deserto”, Délcio Luiz cantando “Gato Manhoso”, Beto
Jamaica (ex
É O Tchan), Duller da banda Eletrobahia e ainda a grande homenagem
a Nelson Rufino, grande compositor baiano, cantando com Charllinhos “Tod
o
Menino é um Rei”: um presente do músico aos fãs do samba de raiz.
No momento está no
s
preparativo
s
do
novo
DVD
“Cantador”
.
Com
produção de
Bira Haway,
o DVD
terá 2
3
músicas e será gravado
ao vivo
,
no dia 20 de agosto,
no
Parque Madureira
Rio de Janeiro
.
Charlles promete mesclar músicas inéditas com
antigos sucessos, al
ém de clássicos de Gonzaguinha,
Cartola
,
Noca da Portela
e Zeca
Pagodinho
.
A novidade
é
que além das musicas autorais
,
o projeto contará com
canções inéditas de
Xande
De Pilares, Diogo Nogueira, Claudemir, André Renato,
Lenadro FAB, Delcio Luiz e Marquinho PQD,
Celso Lopes,
entre outros.
Hyrinéa Bornéo
Assessora de Imprensa

Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: