Kátia Suzuki fala sobre a ala de passistas da Caprichosos

28 10 2016
“Vamos abrilhantar o desfile com muito samba no pé”, diz a diretora de passistas da Caprichosos, Kátia Suzuki
A diretora de passistas da Caprichosos de Pilares, Kátia Ramos, conhecida artisticamente como Kátia Suzuki, realizará juntamente com a coroação da Rainha de bateria Mel Brito, no dia 05 de Novembro, a partir das 17 horas, confraternização da ala com os diretores desse segmento de todas as escolas de samba. Segundo a passista Kátia, será uma grande homenagem a essa maravilhosa ala que, de acordo com ela, foi criada na sua direção.
Com muita alegria ela nos conta que sua trajetória no samba começou com apenas nove anos na ala de passistas mirim da Beija-Flor, onde acompanhava seu pai, um dos diretores de bateria. “Comecei na escola de Nilópolis, depois fiquei 18 anos como passista da Unidos de Vila Isabel, seis da Unidos da Tijuca e cinco da Estácio de Sá. Fui coordenadora, junto com a Rose, na Renascer de Jacarepaguá durante um ano; e coordenadora, junto com Odimar, na Império da Tijuca, onde continuo até hoje como apoio. Estou na Caprichosos há seis anos desde a presidência de César Thadeu”, ressaltou a dançarina.
Assim que chegou à Caprichosos, Kátia Suzuki teve a missão de montar a ala de passistas, pois a escola contava com componentes de outras agremiações. Ela aceitou o desafio e a ala chegou a ter 70 passistas.
“Fui convidada pelo ex-presidente César Thadeu, o ex-carnavalesco Amauri Santos e o ex-diretor de carnaval Luiz Carlos, na época, para criar a ala de passistas da escola, já que a mesma contava com componentes de fora. Comecei um trabalho de “formiguinha” para montar a ala. Se eu sair tenho como entregar a pasta com a ala formada. O trabalho foi intenso. Eu chegava na quadra, colocava uma mesa e aguardava a comunidade aparecer para fazer a inscrição e criar a ala. Até o ano passado, nossa ala possuia 70 componentes. Como estamos na Série B e o desfile será na Intendente Magalhães, tivemos que reduzir a ala para 40 componentes. Este ano, apesar dos problemas da escola, a ala de passistas passou completa na Sapucaí. Tenho muito orgulho disso, pois abrilhantamos o desfile com o nosso samba”, destacou.
Kátia explicou que a ideia da confraternização surgiu do diretor de Carnaval, Marquinhos do Toldo, como forma de homenagear seu trabalho à frente da ala de passistas da azul e branco de Pilares. “A festa na realidade é a coroação da Mel Brito, mas também será uma confraternização de passistas. Convidamos todos os diretores das alas de passistas das escolas de samba. Estou muito feliz pelo reconhecimento. Os passistas são profissionais que mostram o samba em qualquer parte. Um bom sambista samba em qualquer lugar independente do grupo, seja na Sapucaí ou Intendente Magalhães. Vamos abrilhantar o desfile com muito samba no pé”, finalizou
AV Assessoria de Imprensa e Mídias Sociais
Adriana Vieira
Andrea Santos

Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: