Boletim Carnaval de Rua – 17/2 – 18h

17 02 2017

BOLETIM DO CARNAVAL DE RUA

17/2/2017 18h
A alegria do Carnaval já tomou conta da cidade e os foliões podem preparar as fantasias para acompanhar os 115 blocos que vão invadir as ruas de todas as regiões do Rio, neste fim de semana. É esperado um púbico de um milhão de pessoas para “brincar” na folia carioca.

 

Hoje, dia 17/2, serão seis blocos desfilando seus enredos, tornando a “hora feliz” mais animada. Com início às 19h, na Urca, o Ih, É Carnaval, prevê um desfile com 2 mil pessoas pelas ruas do bairro. No mesmo horário, na Zona Norte, É o Bicho Folia, em Irajá e Se Deixar Eu Boto, na Pavuna. No Centro, o público poderá se divertir com os blocos É Pequeno Mas Vai Crescer, Molha o Pé das Oito e o Badalo de Santa Teresa, que deve reunir 3 mil foliões no Largo das Neves.

 

Para quem gosta de acordar cedo, a diversão, sábado (18/2), será por conta do Céu na Terra, em Santa Teresa, com seu esquenta a partir das 8h, no Largo das Neves. Seguindo para a Zona Sul, às 10h, em Copacabana, o Bloco dos Mendigos e no Leblon, Imaginô? Agora Amassa! Em Laranjeiras, o Xupa Mas Não Baba e no Leme, o Bloco Brasil, ambos às 14h. Em Ipanema, o Simpatia é Quase Amor, com um público estimado em 100 mil pessoas, começa a folia às 16h. Na Barra, o batuque é com o estreante Bloco D’Samba, às 12h e em Jacarepaguá, a Banda do Pechincha e o Parei de Beber, Não de Mentir, em Curicica. Na Ilha do Governador o clima de carnaval ficará por conta do Ilha Encosta que Ele Cresce, com cerca de 10 mil integrantes, segundo os organizadores do bloco. Na Tijuca, às 18h, aBanda Haddock, promete arrastar 8 mil foliões pelas ruas do bairro e em Paquetá, o Carnaval será na Praça São Roque com o Pérola da Guanabara.

Ainda no sábado, o Bloco da Areia fará uma homenagem especial aos garis da Comlurb com muita música e brindes especiais. O “evento” será na Rua Dias Ferreira, entre a Bartolomeu Mitre e a Rua General Urquiza, no Leblon.

 

O Cordão do Boitatá abre o domingo carnavalesco, às 9h, com seu cortejo da Avenida Henrique Valadares até a Praça Tiradentes, no Centro. Em seguida, às 9h30min, o Fogo e Paixão invade o Largo de São Francisco, no Centro e a Rua Primeiro de Março será a passarela do Bloco da Preta, com desfile a partir das 10h. Na orla de Copacabana, cerca de 100 mil foliões são esperados para seguir o Chora Me Liga, às 10h e no Jardim Botânico, o Suvaco de Cristo. Na Barra, a folia acontece no período da tarde, às 15h, com os integrantes daBanda da Barra. No mesmo horário, os Timoneiros da Viola vão sacudir o bairro de Madureira. Na Zona Oeste, em Padre Miguel, oTamo Junto in Folia estima levar a alegria a 50 mil pessoas, a partir das 16h.

 

A Coordenação de Controle Urbano (CCU) e a Guarda Municipal atuarão em conjunto para coibir a presença de ambulantes não autorizados. A CCU tem um efetivo de mais de 60 fiscais nas ruas para coordenar as ações de ordenamento urbano, além de lavrar os autos de apreensões e destinar o material ao depósito público.

 

Desde a abertura do Carnaval de rua, foram apreendidos cerca de 1.600 itens, como bebidas alcoólicas, bebidas não-alcoólicas, botijões de gás, credenciais e jalecos de ambulantes com autorização vencida, caixas térmicas, carrinhos de mercado e carroças de churrasco.

 

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro vai atuar com 1.936 guardas, sendo 1.325 no patrulhamento em geral e 611 no controle do trânsito para o apoio aos blocos de carnaval que desfilam de 16 a 19 de fevereiro na cidade. Os guardas de trânsito estarão empenhados nos pontos de bloqueios definidos pela CET-Rio em cada região para garantir a fluidez do tráfego. O planejamento operacional foi elaborado com base na expectativa de público e no impacto que as manifestações populares causam na cidade.

 

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) prosseguirá com as operações que visam coibir o estacionamento irregular e melhorar a mobilidade nas áreas mais procuradas por foliões. Com o apoio da Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) e 21 reboques por dia, a Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer, da Seop) inicia às 18h desta sexta-feira, a atuação no entorno do Sambódromo que vai até domingo, 19, último dia de ensaios técnicos. No fim de semana, a Cfer atuará também em áreas de blocos com maior concentração de público, no Boulevard Olímpico e na orla das Zonas Sul e Oeste, envolvendo 15 dos 21 reboques. Os outros seis são exclusivos para a área do Sambódromo, incluindo o Terreirão do Samba.

 

O planejamento operacional da Seop para as áreas de blocos começa no sábado às 7h, com o bloco Céu na Terra, no Largo dos Guimarães, em Santa Teresa. A equipe percorrerá os blocos Imaginô? Agora Amassa (Leblon); Bloco D’Samba (Barra); Banda do Pechincha (Pechincha); Xupa, Mas Não Baba (Laranjeiras); Bloco Brasil (Leme); Simpatia É Quase Amor (Ipanema); Banda da Haddock (Tijuca); e Encosta Que Ele Cresce (Ilha do Governador), terminando os trabalhos às 19h.

 

A Comlurb continuará com a logística especial para a limpeza das ruas nos dias 17,18 e 19 de fevereiro, baseada no Protocolo de Blocos, que define o quantitativo de mão de obra, contêineres, equipamentos e veículos de acordo com o tamanho do bloco, garantindo maior eficiência e agilidade aos serviços. O sistema de limpeza conta com até 1.100 garis por dia; 5.000 contêineres, 90 sopradores, 20 vaporizadores, além de 50 veículos entre caminhões compactadores, caminhões-pipas, kombis lava a jato, caminhões basculantes, mini varredeiras, varredeiras mecânicas e mini basculantes.

 

A operação de limpeza para atender a folia nas ruas é diferenciada, com sistema de manutenção permanente durante a evolução do bloco até sua dispersão e instalação de contêineres ao longo de todo o trajeto para estimular os foliões a jogarem o lixo no local adequado. Com a saída dos foliões é realizada a remoção dos resíduos com sopradores e modo “arrastão”, com os garis fazendo o repasse, além de lavagem das pistas com água de reuso e desodorizante. Os acessos, transversais, concentração e trajeto do desfile do circuito dos blocos também receberão atenção da Companhia.

 

De acordo com o protocolo, blocos de grande porte, como Bola Preta, por exemplo, podem contar com até 260 garis distribuídos em três turnos, 600 contêineres e 17 veículos e equipamentos. Os serviços especiais começaram no fim de semana passado e continuarão até o encerramento do Carnaval.

 

Os agentes do Programa Lixo Zero estão nas ruas conscientizando e orientando as pessoas a não sujarem as vias públicas, porque cidade limpa é um direito de todos. Os foliões que vão brincar o Carnaval de Rua devem ter mais cuidado com os pequenos resíduos irregularmente descartados e devem evitar urinar nas calçadas, vias e canteiros. O programa não vai parar durante os dias de folia e fiscalizará os maiores e os mais numerosos blocos da cidade.

 

São 235 equipes, formadas por um agente de fiscalização da Comlurb e um guarda municipal, atuando nos blocos, nas ruas dos desfiles e nos entornos. Caso o folião seja pego em flagrante urinando em via pública pelas equipes de fiscalização, será passível de multa no valor de R$ 548,00, conforme o novo Artigo 103-A da Lei de Limpeza Urbana. Para descarte de pequenos resíduos, o valor da multa é de R$ 200,00.

 

Veja as imagens dos blocos da cidade: www.flickr.com/riotur e o roteiro completo dos blocos em http://visitriocache.s3.amazonaws.com/wp-content/uploads/2017/02/Planilha-dos-Blocos-de-Rua-2017-3.pdf

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: