9 03 2017

DEBATE COM BAIANAS E SHOW COM GRUPO ARRUDA E DORINA CELEBRAM DIA INTERNACIONAL DA MULHER NO MUSEU DO SAMBA


Elas são as matriarcas do samba, detentoras das memórias, segredos e tradições de uma agremiação. E serão protagonistas do I Encontro de Baianas, que o Museu do Samba promove nesta sexta-feira, dia 10 de março, a partir de 16h, com entrada gratuita. O evento terá a participação de baianas das escolas de samba do carnaval do Rio de Janeiro, entre elas Tia Nilda, da Mocidade Independente de Padre Miguel, Tia Glorinha, do Salgueiro e Tia Nelcy, da Mangueira. A programação é uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado anualmente em 8 de março.


O encontro terá o formato de cine-debate, começando com a exibição do filme “Damas do Samba”, de Susanna Lira, e prosseguindo com mesa de debates coordenada por Nilcéa Freire, diretora-executiva do Museu do Samba, e pela jornalista e pesquisadora Rachel Valença. Narrado e, por muitas vezes, cantarolado por mulheres que fizeram e fazem do samba um modo de vida, o filme “Damas do Samba” é um passeio poético pela história das grandes damas que ajudaram a criar e a manter esse gênero musical genuinamente brasileiro.


 

Logo após o debate, as comemorações pelo Dia Internacional da Mulher prosseguem com a roda de samba mensal do Museu. O show é comandado pelo grupo Arruda e terá participação especial da cantora Dorina. No repertório, muito samba de raiz, partido alto, samba de terreiro e sambas de enredo, com apresentação de grandes clássicos do gênero e composições da discografia do Arruda e de Dorina.


O Arruda traz na formação Maria Menezes (vocal), Nego Josy (vocal e pandeiro), Anderson Popó (percussão geral), Gustavo Palmito (percussão geral), Marcelinho (tantan), Fabão Araújo (surdo), Armandinho do Cavaco (cavaco) e Vitor Budoia (violão). Referências da nova geração do samba de raiz, os sambistas levam para o Museu do Samba seu repertório de músicas autorais e sucessos como “Guerreiros do bem”, “Arriba saia”, “Batucada do Arruda” e “Loucuras de amor.

Dorina entra na roda para interpretar obras de compositores como Aldir Blanc, Luiz Carlos da Vila, Zeca Pagodinho, Candeia e Dona Ivone Lara, entre outros grandes nomes do samba nacional. Para a show em terras mangueirenses, o público será brindado ainda com clássicos de Cartola, entre eles “O mundo é um moinho” e “As rosas não falam”.

SERVIÇO
I ENCONTRO DE BAIANAS – MEMÓRIA, PATRIMÔNIO E IDENTIDADE
Data: 10 de março de 2017 (sexta-feira)
Local: Museu do Samba
Endereço: Rua Visconde de Niterói, 1296 – Mangueira
Horário: 16h
Ingresso: GRÁTIS
Tel: (21) 3234-5777
E-mail: contato@museudosamba.org.br
Classificação: LIVRE

SHOW
Grupo Arruda e Dorina no Museu do Samba
Data: 10 de março de 2017 (sexta-feira)
Local: Museu do Samba
Endereço: Rua Visconde de Niterói, 1296 – Mangueira
Horário: 18h
Ingresso: R$ 10,00 (OBS.: participantes do debate não pagam ingresso)
Tel: (21) 3234-5777
E-mail: contato@museudosamba.org.br
Classificação: LIVRE

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO MUSEU DO SAMBA
Jean Claudio Santana (MTB 26263/RJ)

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: