Nelson Sargento foi o primeiro a receber selo dos Correios em comemoração ao “Centenário do Samba”, lançado sexta, no Museu do Samba

17 07 2017
Nelson Sargento foi o primeiro a receber selo dos Correios em comemoração ao “Centenário do Samba”
*Evento de lançamento do selo aconteceu no Museu do Samba, na última sexta-feira, dia 14 de julho
*Foi a primeira vez que o samba foi homenageado pela instituição brasileira
 
Nelson Sargento foi o primeiro sambista a receber o selo comemorativo do Centenário do Samba, produzido pelos Correios. A cerimônia de lançamento do selo aconteceu no Museu do Samba, localizado no bairro de Mangueira, Zona Norte do Rio, na última sexta-feira, dia 14 de julho. O selo recebido pelo baluarte da Mangueira é um dos 90 mil exemplares que serão distribuídos em todo o Brasil – e em alguns países – e que entra para o rol de peças para colecionadores.
 
“É a primeira vez que o samba recebe uma homenagem dos Correios”, afirmou João Rangel Gonçalves, chefe da seção de Filatelia dos Correios no Rio de Janeiro. “Para nós dos Correios é uma honra lançar este selo no Museu do Samba, pelo que ele representa para a memória e a valorização do samba brasileiro”, disse Marcelo Jorge Rocha, gerente de vendas corporativas da instituição, que participou da cerimônia como representante da Superintendência dos Correios no Rio de Janeiro.
 
Nilcéa Freira, diretora-executiva do Museu do Samba, também recebeu o selo comemorativo, que passará a integrar o acervo da instituição. “É muito emocionante fazer parte deste momento de reconhecimento do samba e aqui no Museu, que é a casa do sambista”, disse Nilcéa. Receberam ainda o selo do Centenário do Samba os sambistas Manoel Dionísio e David do Pandeiro (da Portela), além da secretária de cultura do município do Rio de Janeiro, Nilcemar Nogueira.
 
A noite de lançamento foi marcada também pela estreia do grupo Filhas de Samba, formado por seis cantoras cujo repertório é integralmente de samba de raiz, com muito partido alto e samba de terreiro. Nelson Sargento era o convidado especial do grupo e fez uma participação para lá de especial. O Filhas de Samba tem na formação as vozes de  Aninha Portal, Cassiana Pérola Negra (filha da lendária Jovelina), Flávia Saolli, Ircea Pagodinho (irmã de Zeca), Janaína Reis e Regina Mazza.
O selo comemorativo foi desenvolvido pelos Correios em parceria com o Museu do Samba. Em estilo art nouveau e papel cuchê gomado, o selo traz a ilustração de uma roda de samba na Praça Onze, com um morro ao fundo e a mesa em formato de vinil, em alusão a “Pelo Telefone”, considerado o primeiro samba brasileiro. 
Jean Claudio Santana (MTB 26263/RJ)
Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: